Coronavírus: “Se Copa do Mundo não se faz com hospitais, estádios vão virar”

“Não se faz Copa do Mundo com hospitais” – Ronaldo (Fenômeno), 2013.

Anúncio

Como o Brasil é (ou já foi) conhecido como “país do futebol”, todos (ou quase todos) entenderão as analogias com este esporte, que serão feitas abaixo.

Uma das primeiras compras que os pais fazem, mesmo antes do nascimento dos filhos, é da camisa do clube de preferência.

E esta paixão não pode ser anulada, mas colocada em num nível menor de importância, em relação à saúde, por exemplo.

Afinal, sem saúde, ninguém consegue ter atividades físicas, e não faz com qualidade nenhuma outra. Sem pessoas, tudo perde o sentido.

E desde o final de 2019, o mundo inteiro passou a “sentir na pele”, ainda mais, o quanto não estamos preparados para preservar vidas.

Vidas são preservadas, também, com Esporte, mas prioritariamente com Educação, Segurança e Saúde.

E a estrutura da Saúde está sendo colocada à prova neste momento. Hospitais, clínicas, equipamentos e profissionais são ainda mais essenciais.

O Coronavírus e o Futebol

As mãos que aplaudiam e vibravam com os jogadores de futebol, hoje aplaudem todos que fazem parte das equipes médicas.

Quem dizia que “Copa do Mundo não se faz com hospitais”, hoje vê que os estádios serão usados como hospitais.

Copa do mundo com hospitais

A torcida não será pelo jogador que ganha R$ 1.000.000,00 (um milhão), mas pelo funcionário da saúde que ganha R$ 1.800,00 (mil e oitocentos reais).

Neste jogo, quanto menor o placar, melhor. Atualizamos os celulares na torcida de que os números não aumentem.

Está tudo parado! E num estádio muito simbólico, o do Corinthians, a torcida que se ouviu no jogo era “artificial”.

Este é o jogo da vida! Se não se faz Copa do Mundo com hospitais, não se faz nada sem as pessoas que precisam de hospitais.

Este é o jogo da vida!

P.S: Você não deve largar a paixão pelo Esporte, pelo Futebol, até porque isso contribui para o físico.

Autor: Fábio Valfré Prado

O objetivo deste texto é refletir onde estão as prioridades no Brasil.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter